quinta-feira, 19 de março de 2015

Sentimentos

        Tenho andado meio sem inspiração, um tanto melancólica nos últimos dias. Tenho evitado escrever para não parecer que estou lamentando. Bom, mas hoje não deu para adiar. As vezes passo por longos dias assim, depois passa. E uma mistura louca de saudades de coisas que não sei explicar, de pessoas que já se foram, de coisas que vivi , e o pior de todo este turbilhão de sentimentos, é uma, vou dizer (saudade) de coisas que eu não viverei. Soa estranho, mas é a melhor explicação possível para este aperto incontrolável no peito e uma inquietude que sinto mesmo estando dormindo. 
    Sensibilidade demais? Não sei. Tudo que sei é que estes sentimentos vem e vão desde quando era bem pequena!
Quer dizer; desde quando era criança. Segundo meus amores, sou pequena até hoje!
     Assim como chega, meio intruso, também vai embora sem dar nenhum aviso. Já me preocupei, já me questionei, já falei, já pensei e repensei sobre este misterioso emaranhado de emoções que invade não só meu peito, mas também minha alma e nunca tive resposta. Tudo que sei é que isto é mais comum do que se possa imaginar. Que pessoas sentimentais, tímidas, tem estes ''chiliques'' de vez em quando.
    Não é de todo ruim, neste período de extrema sensibilidade, vou praticando a paciência, aprendendo e procurando outros sentidos para rir muito, agradecer cada vez mais, sair mais forte, mais humana, menos chata.
Assim a vida vai seguido seu curso num rítmo sempre diferente, mesmo que seja igual aos nossos olhos, nunca é igual para nosso modo de viver e sentir as emoções do dia a dia. Ha sempre um sentimento novo despertando como uma nova estação!!!!!!!!!

4 comentários:

  1. Bom, eu também tenho meus períodos assim, não são frequentes, mas já os tive. E é bem como vc disse: sensação estranha, tristeza não sei do quê e nem porquê, mas tá tudo ali.
    No mínimo estranho. Mas passa e não deixamos de colher algo desse período. Por falar em período me lembrei tanto de você no dia 20...chegou o Outono!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então minha querida Alda, vc sabe bem do que eu estou falando!
      Bom, como sempre, procuro ver o lado bom até mesmo quando passo por este período. Obrigada por entender!
      Quando ao outono; Bom, sentei enfrente ao computador dia vinte, tentei por uns longos minutos postar algo para reverenciar meu amado outono, e nada!!!!!!
      Mas, ainda dá tempo. Prometo fazer uma postagem de boas vindas!
      Beijos!!!!!!!!!!!

      Excluir
  2. Oi Edna. Bom, na verdade acho que todos somos assim. Nem sempre demonstramos, mas as dúvidas, as incertezas, a insegurança "natural" da vida que levamos hoje nos deixa com esses sentimentos um tanto "estranhos". Mas pode ter certeza que é um sentimento comum a todos nós. O lance é viver um dia de cada vez, e aproveitar as coisas boas de maneira plena.
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Josemar, que bom ter você aqui novamente!
      Sei bem disto Josemar, e tento viver plenamente cada segundo da minha vida, mesmo quando parece que os dias não tem nada de emocionantes ou sejam fáceis de entender!
      Quanto a todos serem assim, discordo, pois conheço e convivo com pessoas a anos que nunca se sentiram assim. Nem mesmo quando dizem estar "pra baixo"
      Mas, obrigado pelas palavras, você é sempre muito gentil.
      Beijo e não suma!

      Excluir